value1

Brasil X América do Norte: Um breve comparativo dos mercados e o comportamento dos gestores de e-commerce

As lojas virtuais norte-americanas têm taxas de conversão de 3 a 5 vezes mais altas do que as brasileiras e isso nada tem a ver com o desenvolvimento da economia, mas com o amadurecimento dos lojistas que investem em melhorias na usabilidade da loja.

Enquanto os lojistas brasileiros estão desesperados atrás de receitas mágicas para o aumento da conversão (alterando cores de botão quase como se fosse simpatia pra aumentar as vendas), os norte-americanos estão testando e alterando landing pages o tempo todo em busca de resultados mais eficientes nas vendas.

 

É muito comum encontrarmos uma enorme procura por conteúdos na internet do tipo “10 passos pra ter uma loja de sucesso” ou então “Aumente suas vendas em até 7 dias”. De fato, esse tipo de conteúdo é importante para quem está iniciando, mas a grande verdade é que não existem atalhos para o sucesso, o melhor caminho é testar, testar e testar.

Recentemente estive no Canadá, onde encontrei-me com os especialistas em aumento de conversão Jason Billingsley (fundador da Flip Retail) e Chris Goward (fundador da WiderFunnel e autor do livro “You Should Test That!”), para entender melhor o processo que eles utilizam e o quão maduro é o mercado virtual norte-americano comparado ao brasileiro.

Alguns fatores ficaram bem claros e mostraram que o gap entre os dois mercados ainda é bem grande:

Conhecimento

Os lojistas norte-americanos sabem que para aumentar a conversão de uma loja é preciso ter habilidades específicas em diferentes áreas, como estatística, usabilidade, redação, SEO, marketing etc., além de terem consciência de que, muitas vezes, não são capazes de realizar testes e analisar resultados de forma satisfatória dentro de casa, por isso, contratam empresas com essa competência para aumentarem a conversão.

Enquanto isso, a maioria dos lojistas brasileiros não realiza qualquer tipo de teste, simplesmente aplica mudanças baseadas apenas em instinto ou copiam algo que viram no site concorrente, gastando todo o investimento mensal disponível em ações focadas em trazer novos clientes para a loja sem cuidar do que esses novos clientes encontrarão, jogando as taxas de conversão para baixo.

Métricas

Os gestores das lojas que mais convertem estão habituados a tomarem decisões de usabilidade baseados em diferentes métricas. Sendo generalista, ouso afirmar que no Brasil há apenas duas métricas que os lojistas se atentam, taxa de conversão e ROI, e baseiam todo o esforço em aprimorar a loja usando apenas esses dois dados como referência.

O problema é que muitas vezes, apenas observando as variações da taxa de conversão e do ROI, não aprimoramos a loja onde ela realmente precisa. Por exemplo, se após a mudança da página de produto não observarmos nenhuma mudança significativa na taxa de conversão, podemos concluir que a mudança não surtiu efeito na navegação, por isso, é importante observar todas as métricas possíveis. Neste caso, o tempo de decisão do usuário também é uma métrica que deve ser analisada, assim como a quantidade de páginas visitadas.

Você já reparou se o tempo que o cliente leva para decidir comprar um produto de sua loja está diretamente relacionado ao volume de trocas e devoluções? Essa relação pode indicar falta de informações sobre o produto ou problemas na estrutura da página. Neste caso, este é um dado tão importante quanto a taxa de conversão.

Tipos de teste

Enquanto por aqui ainda estamos falando de Teste A/B (e nem sempre realizando), eles já estão realizando o que chamam de Multi-page test.

Esse tipo de teste trabalha com a ideia de que origens de tráfego diferentes trazem clientes diferentes que está habituado com tipos de navegação diferentes. Esses testes não mostram apenas qual página funciona melhor, mas quais páginas são melhores na sequência de outras, ou seja, eles testam diferentes tipos de página de categoria, com diferentes páginas de produto e diferentes estilos de carrinho. Ao rodar o Multi-page test, eles sabem que o melhor caminho para conversão é usar a página de categoria “A” e na sequência exibir a página de produto “C” seguido do modelo de carrinho “B”.

Exemplo:

Desta forma, eles sabem a sequência de páginas que geram maior conversão caso a caso, pois nem sempre uma estrutura de página de detalhes de uma xícara vai converter tão bem quando apresentarmos um smartphone ou uma calça jeans.

O cenário atual do e-commerce brasileiro deve se desenvolver muito mais rápido quando passarmos a encarar a otimização da loja de forma mais séria e usarmos as diversas ferramentas de testes e web analytics disponíveis, somadas ao conhecimento do mercado local para evoluirmos nossas lojas baseados em dados concretos e conhecimento agregado.

fonte: http://ecommercenews.com.br/

value1

PromoFilter – Expandindo as regras de promoção aos meios de pagamentos e entrega

modulo-magentomódulo permite que você ative ou desative os métodos de pagamento e transporte do checkout criando regras de promoção

Ou seja, basicamente este módulo permite que você ative ou desative os métodos de pagamento e transporte do checkout criando regras de promoção

 

Inovarti_PromoFilter

Por exemplo: Você pode habilitar o modulo Cielo somente para os produtos de determinada categoria, ou desabilitar o frete gratis para envios fora de sua cidade. Como usar: Após a instalação limpe o cache e visite o item de menu na administração do Magento, em

“Promoções” => “Regras no Checkout”

Testado Magento 1.7.2

Faça uma doação ao projeto

Pesquisando na web encontrei 2 módulo que somando seus valores somam 200 usd rs 300 usd

Gostou do módulo?

Se você gostou, se foi útil para você, se fez você economizar aquela grana pois estava prestes a pagar caro por aquele módulo pago, pois não achava um solução gratuita que te atendesse e queira prestigiar o trabalho feito efetuando uma doação de qualquer valor, não vou negar e vou ficar grato, você pode fazer isso utilizando o Pagseguro no botão abaixo:

Atualizações futuras

Adicionar promoção para parcelas nos cartões, por exem 15% desconto para pagamento em 1x no cartão

Exeplo de uso da regra www.leoeletro.com.br possui descontos de 15% em 1x

Ou seja vou implementar o script abaixo para dar o desconto no quote collect total after ao verificar qual meio de pagamento foi selecionado e qual numero de parcelas, assim se pode criar regras para parcelas.

$discountAmount = $total * $discountAmount / 100;

$info->getQuote()->setSubtotalWithDiscount($discountAmount);

$info->getQuote()->setBaseSubtotalWithDiscount($discountAmount);

$discountAmountDescription =”Desconto “.$discountAmount.”%”;

$address->setDiscountDescription($address->getDiscountDescription() . ‘,’.$discountAmountDescription);

segue github do projeto https://github.com/deivisonarthur/Inovarti_PromoFilter

fonte: http://www.deivison.com.br/

value1

ysmush.it – Como otimizar imagens do Magento pelo shell usando o ysmush.it

yahoo smush-it 400x238

Depois de 2 anos mexendo com Magento posso dizer que conheço muitas pessoas de Magento no Brasil por conta dos meus projetos open source e uma vez perguntei a um desenvolvedor como ele tinha conseguido otimizar as imagens do shop dele, pois no webpagetest a parte referente as imagens estava tudo com A, enguanto na minha otimização do servidor essa parte das imagens estavam F.

 

Então o amigo, repondeu +/- assim:

Brother é facinho basta vc abrir o Photoshop uma por uma e otimizar elas…

Com certeza ele teve um trabalho do CARALHO (O blog é meu eu, eu posso xingar hehe) ou seja, o coitado abriu mil imagens no Photoshop e otmizou uma a uma….. Pensei se eu for depender disso minha otimização vai ficar com F mesmo! Se o cliente quiser que ele faça rsrsrs

Então lembrei o Photoshop possui um script que posso setar na pasta e ele sai processando, logo larguei de mão essa idéia por conta do trabalho ainda ser grande…

Mas graças a Deus existe o Smush.it!

visite: http://www.smushit.com/ysmush.it/

Smush.it é um serviço web do Yahoo que permite que você otimize imagens. Nele vc envia seus arquivos de imagem seja ele (PNG, GIF ou JPG) e ele otmiza as imagens reduzindo o tamanho sem perder a qualidade. Com Smush.it conseguimos diminuir até 60% o tamanho da imagem. A interface do Smush.it é via web, onde vc pode enviar uma por uma ou enviar as urls uma por cada linha. Então nessa opção de envio de urls vi que existe uma luz no fim do tunel!

Pois bem vou explicar de maneira simplista o que precisamos fazer:

1 – Faz bkp das pasta skin e media do Magento;
2 – Gera um txt com todas as imagens do servidor, ou seja, gera um txt da pasta media e da pasta skin (PS: A pasta skin otmizada é que vai deixar os AAAAAA no webpagetest, mas ja que estamos fazendo o trabalho vamos fazer também com a pasta media, que é onde fica as fotos dos produtos)

O processo acima e os abaixo vão ter que ser feitos para o txt que contém as imagens da pasta skin e para o txt que contém as imagens da pasta media.

3 – Envia a lista para o Smush.it e processa;
4 – Pede para salvar em um zip todas as imagens;
5 – Descompacta as em seus respectivos lugares

Pois bem mãos a obra!

1 – Primeiro vamos realizar o bkp das pastas media e skin, podendo ser com o comando para duplicar a pasta assim:

cp -R magento/media magento/media-ori
cp -R magento/skin magento/skin-ori

2 – Vamos gerar o txt com as urls de todas as imagens que contém na pasta skin e media, para isso vamos usar a expressão regular, onde pegaremos o caminho relativo das imagens e adicionaremos o caminho absoluto contendo nosso dominio assim:

find magento/media/ -name *.jpg | sed ‘s@^@http://lojamodelo.inovarti.com.br/@’ > media.txt
find magento/skin/ -name *.jpg | sed ‘s@^@http://lojamodelo.inovarti.com.br/@’ > skin.txt

PS: Existe uma forma de buscar com o find somente imagens e não um tipo específico como foi setado o JPG acima, depois vou add aqui, até porque precisamos otimizar principalmente as imagens PNG que pesam muito.

3 – Feito isso já temos os 2 arquivos contendo os caminhos de todas as imagens JPG das pastas media e skin, basta agora copiar o conteúdo de cada um e colar na parte referente ao envio das urls no Smush.it e após isso processar a otimização (otimização = redução).
Para algumas pessoas sensíveis abstrai que faleu que otimização é igual a redução!

4 – Após otimizar e processar todas as imagens será mostrado o grau de redução de cada imagem e lá no final tem a opção de salvar compactado. Ao selecionar essa opcão vc não precisará salvar uma por uma e todas as imagens serão salvas em um zip e ele mantém também a estrutura das pastas.

5 – Agora vamos a parte final, vamos jogar o zip em nosso FTP e desconpactar em uma pasta e entrar nessa pasta. E agora existe um comando que utiliza expreg onde move as imagens para sua respectiva pasta assim:

find img -type f | sed ‘s@.*@ mv -v & /magento/media/& @’ | sh

Após o termino repida esse procedimento com o zip da pasta SKIN que na verdade para o webpagetest será o mais importante para add os AAAAA

find img -type f | sed ‘s@.*@ mv -v & /magento/skin/& @’ | sh
Para você ver o quanto foi reduzido você pode executar o comando:

du -s -h –apparent-size /magento/media/
du -s -h –apparent-size /magento/media-ori/

Usando ele vc verá o quanto cada pasta possui de tamanho e ao comparar as 2 verá o quanto teve de redução das imagens.

Pronto basta limpar o cache do catalogo e do Magento. Eu prefiro ou renomeiar a pasta var para var-old momentaneamente só para ver se vai haver algum erro de cache ou simplesmente excluir a pasta var, mas nem vou explicar como remover no linux não, pois já vi pessoas excluindo todo o magento rsrsrs.

Caso precide verifica a permissão das pasta de acordo com seu linux.

Bem esta pronto porém existe uma outra forma mais fácil de fazer esse processo de otimização, na verdade existem vários vou citar algumas formas abaixo kkkkkk
1 – Pelo módulo da gtmetrix
Existem um módulo da gtmetrix que minifica js, css e outros e pode ser encontrado aqui:

http://gtmetrix.com/magento-optimization-guide.html

http://www.magentocommerce.com/magento-connect/gtspeed-by-gossamer-threads-8264.html

Se faz necessário configurar algumas coisas para que rode.

2 – Usando o image magick no SSH
O é um módulo do linux que possibilida executar várias tarefas nas imagens como redução de tamanho, compactação,…. para mais info visite http://wiki.ubuntu-br.org/ImageMagick ouhttp://www.imagemagick.org/script/mogrify.php

apt-get -y install nautilus-open-terminal
apt-get install imagemagick

Antes faça bkp da pasta com o cp -R magento/skin magento/skin-ori

find skin/ -type f | sed ‘s@.*@ mogrify -format jpg -quality 85 & @’ | sh
find skin/ -type f | sed ‘s@.*@ mogrify -format jpg -interlace plane & @’ | sh

E depois pode comparar o tamanho das pastas usando o:

du -s -h –apparent-size magento/skin/
du -s -h –apparent-size magento/skin-ori/
3 – smush.py
Script em pyton que se diz executar as mesmas configurações que o projeto Smush.it faz
PS: Se faz necessário instalar outros módulos tais como:

https://github.com/deivisonarthur/smush.py

https://github.com/thebeansgroup/smush.py/pull/2

https://gist.github.com/stephenmckinney/2160434

4 – Smush.it usando PHP com Json e CURL
SmushIt is a PHP client for the popular Yahoo! image compression web service Smush.it

https://github.com/deivisonarthur/SmushIt

Bem é isso, espero ter ajudado e caso consigam sucesso favor comentar!

Créditos:

http://aurelio.net/blog/2011/09/02/usando-smush-it-e-shell-script-para-otimizar-imagens-de-um-site/