value1

Google+ agora permite criação de enquetes

Usuários do Google+ agora podem usar a rede social para tirar dúvidas com os amigos por meio de enquetes.

É possível criar vários formatos de enquete, misturando pergunta e respostas a imagens - seja uma só ao fundo ou várias para cada opção.

 

A novidade entra em funcionamento nos próximos dias para quem usa o G+ pela web ou pelo aplicativo Android. Quem tem iOS terá de esperar um pouco mais.

value1

Saiba como impedir que desconhecidos te mandem e-mail pelo Google+

googleplusOntem o Google liberou um recurso polêmico: agora qualquer internauta com conta no Google+ pode ser contatado via e-mail por outro usuário, mesmo que o destinatário não possua o contato do remetente. Basta digitar o nome do destinatário no campo interno de buscas e selecioná-lo; então enviar a mensagem e ela será entregue como e-mail (saiba mais aqui).

 

A novidade já entrou em funcionamento para grande parte dos usuários, e claro que muita gente ficou descontente com ela, afinal, se a pessoa não divulgou seu endereço de e-mail, subentende-se que ela não deseja ser contatada por qualquer um. Mas há uma forma simples de reverter isso, basta fazer o seguinte:

Primeiro clique neste link, ele deve te levar à página de configurações gerais do Gmail. Depois, role para baixo até encontrar a opção "Enviar e-mail via Google+" e, na caixa de opções, escolha "Ninguém".

googleplus-nao-email

Seguindo essas três passos simples ninguém desconhecido conseguirá te mandar e-mail pelo Google+. Se, ao abrir as configurações, essa opção não aparecer, você ainda não foi incluído na novidade - mas o Google manda um aviso quando ela estiver disponível, então é só esperar.

fonte: http://olhardigital.uol.com.br/

value1

"Google+ é próxima versão do Google", revela executivo

googoleO Google+ começou como uma rede social comum, uma resposta da empresa ao Facebook, mas nunca se popularizou de fato. Logo, o Google encontrou uma nova função para ele e aos poucos o vem reformulando com um sentido muito claro, de reunir, organizar e personalizar todos os serviços da empresa em torno do usuário.

Lentamente, o Google+ passou a ampliar ou substituir serviços tradicionais da empresa, como a busca e o Hangouts, que agora é integrado à rede social. Além, claro, do YouTube, cujo sistema de comentários passou a utilizar o perfil na rede, para o desespero de muitos. Com tudo isso, é possível perceber qual é o caminho do Plus, de se tornar a identidade virtual para os serviços do Google, que também é por acaso uma rede social (pouco utilizada).

"Estamos consolidando vários serviços diferentes, então hoje a busca, o YouTube, a loja de apps do Google Play... tudo isso se liga ao Google+. E a razão para isso é que o Google+ é mais ou menos a próxima versão do Google", explica Steve Grove, um dos executivos da empresa mais envolvidos no Plus em entrevista ao Mint.

De acordo com ele, há muito valor nisso, já que as buscas mostram resultados do Google+, o que faz com que mais pessoas se juntem ao serviço para observar o valor de se logar antes de fazer uma pesquisa na principal ferramenta da empresa.

Na perspectiva do Google, organizar todos os dados que a empresa tem sobre você ajuda a organizar os serviços à sua volta, tornando-os mais valiosos e, consequentemente, aumentando o tempo que você os utiliza e vendo a publicidade direcionada da empresa.

Entretanto, alguns argumentos oferecidos pela empresa não funcionam muito bem, principalmente quando o assunto são os comentários no YouTube. Grove defende que a utilização do perfil no Google+ impede a "trollagem" nos comentários, o que até o momento foi comprovado não ser verdade, já que o que mais se via na época mais acirrada nos protestos contra a medida eram genitálias e tanques de guerra em ASCII art.

Via Ars Technica 

value1

Google+ passa a permitir comunidades restritas

googleO Google+ agora conta com uma opção de comunidades restritas, que podem ser usadas por empresas e organizações em comunicação interna.

 

Os membros podem compartilhar arquivos pelo Google Drive, além de fotos, vídeos, eventos etc. E os administradores conseguem fazer alterações nas opções de privacidade e convidar outros membros.

Na prática é a mesma coisa que as comunidades já existentes, só que funcionam como um fórum interno. Mas a organização pode optar por abrir o espaço aos clientes e, assim, manter-se em conversa com eles.

fonte: http://olhardigital.uol.com.br

value1

Google atualiza Google+ e libera filtros para fotos e criação de vídeos

googleplusO Google+ tem lutado para convencer a Internet que é melhor do que o Facebook, então a rede social do Google está adotando uma nova abordagem: a de se reposicionar como uma ferramenta para os fotógrafos.

Não é exatamente uma mudança abrupta para a plataforma, que reformulou a sua imagem e lançou novos recursos de aperfeiçoamento de fotos e ferramentas de organização durante o Google I/O em maio. 

 

Mas o vice-presidente de engenharia do Google, Vic Gundotra, na terça-feira (29), fez da fotografia o foco principal da empresa, avançando com uma série de novos recursos de foto e vídeo.

Gundotra anunciou que o Google+ tem 300 milhões de usuários ativos mensais atualmente, acima dos 190 milhões registrados em maio, que fazem o upload de 1,5 bilhão de fotos para o site a cada semana. 

O Google+ levou um ano e meio para chegar aos 190 milhões de usuários ativos - não apenas calculando os usuários associados a outros serviços com um login para a rede. Então outros 110 milhões em menos de seis meses é um feito bastante impressionante. 

As fotos são a chave para a plataforma, que precisa se ​​destacar do Facebook e das centenas de aplicativos sociais que abrem e fecham todos os dias.

google-foto-melhoria

Agora você pode habilita a melhora automática da imagem para transformar 
sua cena da praia em uma obra de arte impressionante

 

Coloque um filtro nisso

Gundotra demonstrou 18 novos recursos do Google+ em um evento em São Francisco. Muitos dos recursos eram a prova de que a "Instagramização" da fotografia veio para ficar. Esqueça o Photoshop, queremos um aplicativo que irá retocar a nossa arte latte e mostrar o seu melhor ângulo na tela.

"A fotografia atualmente é muito difícil", disse Gundotra. "Quando eu saio de férias, minha mesa é uma massa de cabos e cartões de memória e DSLRs e lentes, para não falar que mais e mais a fotografia está conquistando seu espaço em dispositivos móveis. Isto não é divertido. É um pesadelo. As pessoas têm belos tesouros que ficaram presos nestes vários dispositivos."

O Google+ quer ser o lugar em que você armazena, organiza, edita e compartilha essas fotos. Não com outras redes - apenas dentro do Google+.

A empresa liberou melhorias para a função "Auto Enhance" da rede, que edita suas fotos sem que você faça o trabalho pesado. Agora você pode aumentar ou diminuir os níveis de Auto Enhance e controlar essa configuração em uma base álbum por álbum.

Duas outras ferramentas enigmáticas que os usuários do Google+ podem se apaixonar são a "Action", que dispara vários quadros em um clique, e a "Eraser", que elimina quaisquer objetos indesejados que possam ter entrado na imagem. 

Essa última é o sonho dos turistas - não mais terão um nova-iorquino mal-humorado cruzando na frente da sua foto!

Na parte de vídeos, a rede social adicionou o recurso "Auto Awesome Movie" para criar filmes a partir de fotos, clipes curtos, e uma trilha sonora de sua escolha - o que lembra um pouco o iMovie. Mas, hey, as pessoas adoram criar vídeos, como Instagram e Vine podem atestar.

g erasure2Pessoas chatas sempre bloqueam sua visão? Agora você pode simplesmente apagá-las

Se suas habilidades fotográficas pendem mais para o lado profissional, o Google adicionou filtros aos seus editores de fotografia - tanto o Snapseed, quanto à suíte de plugins para Photoshop, Photoshop Elements, Photoshop Lightroom e Aperture, a Nik Collection (que é paga).

Esses são os únicos editores que podem postar imagens no Google+, já que não há APIs para que outros aplicativos postem imagens na rede - somente produtos do próprio Google podem fazer isso.

Hangouts

O Google+ também quer ser o lugar onde você tem todas as suas conversas, desse modo, a rede social está atualizando seu aplicativo Hangouts para Android para dar suporte a mensagens de texto SMS. 

Agora você não tem que deixar o app para continuar conversando com os amigos. Isso se encaixa no objetivo da empresa: que você nunca, jamais, deixe o Google+, especialmente para usar outros serviços de mensagens.

"Você não tem que lidar com vários clientes", disse Gundotra. O que ele quis dizer foi: sinta-se livre para apagar o Snapchat, usuários do Android.

O Google também habilitou o compartilhamento de localização com um clique - possibilitado pelo Google Maps, é claro, dentro do aplicativo Hangouts. Além de permitir a visualização de GIFs animados. Sim, GIFs animados. Isso é algo que o Facebook não tem.

A "Auto Awesome" também está chegando para chamadas de vídeo no Hangouts, de modo que você pode colocar um filtro no seu vídeo ao vivo. 

Essas atualizações serão liberadas nos próximos dias para o Hangouts para os usuários do Android. Gundotra não disse se as melhorias para o aplicativo chegarão ao iOS em breve.

De volta ao desktop, o Google adicionou algumas melhorias para Hangouts on Air. Agora, o Google permite aos usuários criar páginas dedicadas a promover eventos do Hangout e adicionou recursos para ajudar a gerenciar esses eventos quando eles começarem.

O público do Google+

Se o Facebook é um lugar para os amigos, o Google pode ser o lugar para fotos. E vídeos, também. Ser apenas mais uma rede social não é uma opção - não quando o cenário já está cheio de concorrentes. A gigante das buscas tem algum poder, ela agora só precisa que as pessoas realmente postem.

Gundotra e sua equipe estão apostando nos fotógrafos - ambos profissionais e aqueles iguais a nós que deixam nossos smartphones fazem a maior parte do trabalho - vai definir a rede social. Gundotra reiterou várias vezes que a empresa quer revolucionar a fotografia e ajudar as pessoas a contar histórias com suas imagens. E eles podem estar chegando mais próximo desse objetivo.

fonte: http://idgnow.uol.com.br/

value1

Google+ completa 2 anos com 190 milhões de usuários ativos

googleplusSe você acessar o Google+hoje, notará que o logo da rede social da gigante de buscas está diferente. Há um "2" ao lado de seu nome, mostrando que nesta sexta-feira, 28, o serviço completa dois anos de atividade.

Vic Gundotra, vice-presidente sênior de engenharia do Google, comentou que ainda há muito o que fazer para crescer, mas hoje gostariam de parar para agradecer à audiência. "É o seu suporte, seu feedback e seu entusiasmo que fazem o Google+ tão incrível",disse. 

Muitas coisas aconteceram com o G+ desde 2011, inclusive com sua aparência - que mudou completamente na última reformulação, ficando pareciso com o Pinterest (veja aqui).

Quando o site entrou em funcionamento, todos os grandes executivos do Google insistiam em desmentir o fato de que ele é uma rede social, mas há uma competição aberta com sites do gênero.

Por exemplo, recentemente divulgamos aqui no Olhar Digital que o G+ conta com 190 milhões de usuários ativos, enquanto o Twitter afirma ter 200 milhões e no Facebook são mais de 1 bilhão.

Essas pessoas passam cerca de 12 minutos no serviço, em que há 100 marcas com mais de 100 milhões de seguidores (saiba mais).

fonte:  http://olhardigital.uol.com.br/

value1

Google+ tem menos usuários ativos que o Twitter

googleplusO Google defende sua rede social, o Google+, como sendo a plataforma do gênero que mais cresce. E, embora os números ainda estejam longe do concorrente Facebook, a empresa mostra que concorre com o Twitter em número de usuários ativos.

Pelos números da gigante das buscas, há hoje 190 milhões de pessoas ativas no Google+. Já os números oficiais do Twitter falam em 200 milhões de usuários na rede de microblogging.

O Google ainda informa que os usuários de sua plataforma passam cerca de 12 minutos no serviço e que já há 100 marcas com mais de 100 milhões de seguidores.

A empresa, no entanto, não informa quantos destes usuários são contabilizados ao utilizarem os outros serviços da empresa, como o YouTube e o Gmail, que também fazem parte da plataforma da empresa.

value1

10 recursos que você encontra no Google+, não no Facebook

gO novo Google+ foi apresentado ao mundo ontem durante a conferência anual da empresa. A rede social que demora a emplacar ganhou mudanças expressivas e já mostra sua nova "cara" mais atraente aos internautas.

Em dois anos, segundo o Google, a plataforma conquistou 190 milhões de usuários ativos por mês, número ainda tímido para quem sonha "bater de frente" com o Facebook e seu bilhão de seguidores.

Por isso a empresa de buscas concentra esforços para atrair usuários à sua proposta social. As mudanças implementadas esta semana aumentam a quantidade de recursos e dão ao G+ diferenciais em relação ao rival.  

Listamos abaixo algumas dessas funcionalidades exclusivas. Antes de ler, entenda que elas não representam necessariamente a superioridade da plataforma em relação ao site de Zuckerberg.

Hangouts

A possibilidade de conversar com diversas pessoas por vídeo a custo zero e com bastante facilidade é um dos grandes trunfos do Google+.

Na terça-feira a empresa lançou o aplicativo do Hangouts que permite fazer videoconferências utilizando um smartphone. Nós o testamos por aqui e podemos confirmar que ele é bom, rápido e simples, além de contar com integração ao Gtalk.

O Facebook também tem ferramenta de videochat, mas, além de limitar a conversa a apenas uma pessoa, ele é mais pesado e não tem aplicativo.

Ajuste automático de fotos

O Google soube mais uma vez aproveitar seus algoritmos para facilitar a vida dos usuários. A ferramenta consegue, em apenas um clique, melhorar a qualidade da imagem balanceando contraste, foco e nitidez. Nos testes feitos pela redação, percebemos que a tecnologia funciona bem, apesar de não fazer milagres... em alguns casos, as alterações são sutis. 

Auto-Awesome

Outro recurso anunciado no evento desta quarta-feira, o Auto-Awesome, pega todas as imagens semelhantes postadas em sequência e as unifica em um GIF animado ou em uma foto com qualidade HDR.

A funcionalidade também promete excluir fotos borradas, duplicadas ou com contraste ruim. Assim você consegue subir as 600 imagens de suas férias sem muitas dores de cabeça.

Imagens GRANDES!

Além do usuário comum de redes sociais, o Google parece querer chamar a atenção também de fotógrafos, que frequentam sites especializados como o Flickr, do Yahoo!.

Agora o G+ permite postar fotos grandes, com 2.048 pixels ou mais, e visualizá-las em tela cheia com a possibilidade de dar zoom. No entanto, há um limite de armazenamento para esse tipo de arquivo: 15 GB. Fotos menores podem ser guardadas infinitamente.

Hashtags

O recurso, que é um dos maiores sucessos no Twitter, conseguiu ser bem aproveitado pelo G+. Ao clicar em uma hashtag você logo é direcionado a uma página com os posts mais populares que linkam tal termo. A novidade é interessante e útil para agrupar temas e discussões. Também vale ressaltar a área "Postagens interessantes", que traz os conteúdos mais populares da rede. 

Página "lugares"

Uma área especial do G+ voltada a organizar os locais da cidade onde você se encontra. Cada estabelecimento pode ser avaliado por seus frequentadores, que também conseguem compartilhar comentários e fotos sobre o lugar. Ele também conta com integração ao Google Maps.

Informações sobre o post

Alguns recursos simples, mas interessantes, que fazem diferença. Agora as informações sobre quem curtiu, comentou e compartilhou o post são vistas no “verso” dele, disposto como se fosse um cartão. Ao clicar em “Ver Eco”, o internauta encontra uma espécie de gráfico que mostra a viralização daquele conteúdo específico.

Comunidades

Tudo bem que o Facebook tem grupos e as comunidades do G+ não são lá muito diferentes. Mas elas possuem alguns recursos únicos, como a possibilidade de fixar tópicos na barra esquerda com visual mais semelhante às nostálgicas comunidades do Orkut.

Data Center do Google

Todos esses recursos só são possíveis devido aos Data Centers monstruosos do Google, destacados na apresentação de ontem. Uma das vantagens das tecnologias que a empresa tem à disposição é a velocidade com que as ações acontecem dentro da rede.

Comparado ao Facebook, o upload de fotos, por exemplo, ou a troca de páginas, é muito rápido. No entanto, a comparação é injusta e ainda é cedo para confiar tanto nisso. Afinal, o Facebook recebe uma quantidade muito maior de dados do que o G+. Mesmo assim, vale ficar de olho. 

Integração com serviços do Google

Esse talvez seja o maior golpe do Google para buscar usuários. Quase todos os serviços da empresa ganharam conexão ao G+: Gmail, YouTube, Docs e até mesmo a ferramenta de buscas interagem em algum nível com a rede social.

fonte:  http://olhardigital.uol.com.br

value1

Google introduz 41 novos recursos no Google+

googleplusO Google anunciou 41 novos recursos para a sua rede social Google+ nesta quarta-feira, 15/5, incluindo uma interface refinada que funciona melhor aparelhos mobile e algumas grandes melhorias para o compartilhamento de fotos.

 

Durante sua participação no Google I/O, realizado em San Francisco, EUA, o vice-presidente sênior da empresa, Vic Gundotra, afirmou que “centenas de milhões” de pessoas usam o serviço, mas não especificou quantas são usuárias ativas. O Facebook, por exemplo, tem mais de 1 bilhão de usuários ativos mensais.

A principal novidade do Google+ anunciada nesta quarta é um stream social renovado, para que aparelhos com telas maiores possam mostrar até três colunas de posts dos seus contatos. As publicações com vídeos e fotos podem gerar múltiplas colunas para dar uma aparência mais “rica” para a interface, explicou Gundotra. E o número de colunas pode ser diminuído para um na visualização em aparelhos mobile.

Outra novidade é um mecanismo automático de hashtag. O executivo usou o exemplo de um post sobre o jogador de beisebol Buster Posey que não tinha hashtags originalmente. O Google adicionou automaticamente tags às fotos, uma da equipe e outra do jogador.

A ferramenta faz parte de um esforço para adicionar mais profundidade ao Google+, para que os usuários possam entrar e explorar tópicos que os interessem. Clicar na hashtag vai revelar conteúdos relacionados na rede social que o Google também tenha marcado, com uma ênfase nas publicações de amigos.

As redes sociais de hoje são “superficiais” e como ler “um jornal interminável”, afirmou Gundotra. “É quase impossível se aprofundar em um tópico ou interesse que você possa ter.”

O Google marca as imagens usando o reconhecido de imagens. O executivo deu outro exemplo de uma fotografia da Torre Eiffel, que foi marcada automaticamente em um post. Clicar na marcação revela mais informações sobre a famosa torre e Paris.

O Google afirmou que os usuários terão a opção de desabilitar o recurso de marcação automática, seja em fotos individuais ou em todas as imagens.

A nova interface será lançada a partir dessa quarta-feira, 15/5.

Além disso, a gigante de buscas também apresentou melhorias para o recurso Hangouts para que ele se torne uma conversa contínua entre as pessoas nos círculos – uma espécie de grupo de chat que fica no ar por dias ou semanas entre amigos e familiares.

Mas talvez a maior mudança venha na maneira como o serviço vai lidar com fotos. O Google adicionou vários novos recursos para melhorar automaticamente as imagens publicadas pelos usuários, incluindo ferramentas que automaticamente arruma imperfeições e reduz o ruídos em fotos pixeladas.

O Google afirma que os recursos são comparáveis aos presentes em programas de edição de imagens ou modos especializados em câmeras, mas que eles são feitos pelos seus próprios servidores.

Em um arquivo com centenas de fotos de férias, o Google também vai escolher as melhores automaticamente, com base em fatores como falta de clareza e se as pessoas estão sorrindo, por exemplo, segundo Gundotra. Além disso, o software vai usar mecanismos para detectar a parte estética, como uma boa composição da imagem.

Os usuários também vão poder fazer o upload de fotos maiores para o serviço.

fonte:  http://pcworld.uol.com.br/

value1

Veja um novo Google+

novo-googleplus4O Google redesenhou sua rede social, o Google+ - que ficou um tanto parecida com o Pinterest.

Quando subiu ao palco daGoogle I/O para falar sobre o produto, Vic Gundotra avisou: há 41 novidades. Mas a principal é mesmo o layout.

As hashtags agora serão relacionadas, o que significa que os posts terão marcações automáticas que levarão os usuários a conteúdos relacionados. Se a tag estiver errada, basta removê-la. E até as imagens terão marcações.

novo-googleplus3 
O Hangouts ganhou vida própria e será transformado em aplicativo separado - que estará disponível para download a partir de hoje. As conversas e imagens salvas no app poderão ser transformadas em álbuns na rede social.

Assim como acontece na versão para G+, o app Hangouts permitirá conversas privadas ou em grupo. No segundo caso, quando alguém começa a digitar, essa pessoa é destacada, o que torna a conversa mais parecida com a offline. Além disso, todos podem participar de uma videoconferência.

novo-googleplus2 
O Google também criou um algoritmo que seleciona as melhores fotos. Ele reconhece quais pessoas são importantes para o internauta e dá destaque a elas. O serviço ainda remove imagens duplicadas, embaçadas ou com niveis de luz desbalançeados, e melhora as fotos automaticamente - com o Skin Softening, até as rugas são corrigidas.

O interessante é que você pode "desligar" os filtros inseridos nas fotos sempre que quiser. Assim, é possível comparar como a imagem estava e como ficou. Todos terão 15 GB disponíveis para guardar fotos nos servidores doGoogle gratuitamente.

novo-googleplus1

 

fonte:  http://olhardigital.uol.com.br