Motorola passa a fazer parte da chinesa Lenovo

Motorola passa a fazer parte da chinesa Lenovo

Nove meses após anunciar que deixaria de fazer parte do Google para se unir à Lenovo, a Motorola Mobility finalmente pode dizer que passou para o lado dos chineses. Nesta quinta-feira, 30, foi anunciado que o processo de aquisição, que custou US$ 2,91 bilhões, estáconcluído.

 

A sede da Motorola permanecerá em Chicago e os demais escritórios ao redor do mundo serão mantidos com seus cerca de 3,5 mil empregados - 2,8 mil deles estão nos Estados Unidos.

Como será uma subsidiária da Lenovo, a Motorola manterá sua marca e a franquia DROID. "Continuaremos focando em Android puro e atualizações rápidas", afirmou Rick Osterloh, que chefia a Motorola Mobility.

O Google, que em 2012 pagou US$ 12,5 bilhões pela Motorola, continuará como dono da maior parte do portfólio de patentes da empresa - a Motorola poderá usá-las como licenciada. Mais de 2 mil patentes ficarão com a Lenovo, assim como o direito de usar a marca Motorola Mobility.

fonte: http://olhardigital.uol.com.br/